Mostrar mensagens com a etiqueta BeB do quotidiano. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta BeB do quotidiano. Mostrar todas as mensagens

sexta-feira, 7 de setembro de 2018

Uma solução para os pais que não têm tempo a perder!





Para quem anda sempre contrarrelógio, como é o meu caso, as compras online são das melhores invenções dos últimos tempos. Mais do que ser uma opção prática, é uma necessidade.

Felizmente, hoje em dia, é possível comprar quase tudo online. Contudo, e até me terem apresentado a farmácia Santos Salvador, confesso que nunca tinha pensado em adquirir medicamentos ou produtos de farmácia através da Internet.
Depois de pesquisar um pouco constatei que, de facto, e caso não precisemos de nada no imediato, não há mesmo razão para pegar no carro e ir para as filas (às vezes enormes) da farmácia.

Basta ir a www.farmaciass.pt/, a qualquer hora do dia e em qualquer lugar, e escolher os produtos e medicamentos que queremos. Eles têm tudo! Desde produtos para a mamã e para o bebé; produtos de beleza, suplementos, até produtos veterinários, e, óbvio, medicamentos (se tiverem a receita, podem descarregá-la na plataforma).

Depois de escolhermos o que queremos, basta preencher uma ficha (não é necessário registo, apesar do mesmo oferecer vantagens e facilitar o processo de compras futuras), escolher o método de pagamento e esperar, comodamente, que a encomenda chegue.

As entregas são feitas em todo o país, sendo que na zona de Lisboa a entrega demora entre 1 a 3 dias úteis.

Como gosto sempre de descobrir novas formas de tornar a vida mais prática, e como acredito que não serei a única, achei que iam gostar desta partilha J


Post escrito em parceria com a Farmácia Santos Salvador

quinta-feira, 6 de setembro de 2018

Não, as crianças não são sempre amorosas

Ouvido na escola do meu filho mais novo...

Uma criança, que devia ter uns 4/ 5 anos, agarrou no vestido da mãe e disse-lhe:

"Mamã, parece que tens uma bebé na barriga."

"Mas não tenho filho", respondeu-lhe a mãe.

"Então quer dizer que estás mesmo gorda!"

(São uns doces! Diria até que isto podia ser considerado bullying!)


sábado, 18 de agosto de 2018

Passar férias com crianças pequenas

Este fim-de-semana vou estar sem os pequenotes. Em conversa com um amigo, que não tem filhos, disse-lhe que tencionava ir à praia, e percebi que ele ficou surpreendido, já que eu tinha estado duas semanas de férias com eles, a fazer praia todos os dias.

Ora, é sabido que o conceito de férias com filhos pequenos é muito, mas muito relativo. Para quem não tem noção, é mais ou menos isto!


quarta-feira, 18 de julho de 2018

A guarda partilhada e o bom senso

A propósito da discussão na Assembleia da República de uma petição que propõe que, em caso de divórcio ou de separação judicial, se altere o código civil perante um formato de guarda conjunta dos filhos, vieram logo algumas associações, que se dizem feministas (o que eu, que sou feminsta, considero um atentado, porque se elas são alguma coisa, é fundamentalistas)  opôr-se a ela, usando argumentos que não lembram ao menino Jesus.

Eu tenho a minha opinião sobre este tema mas, em vez de a dar, deixo aqui um artigo genial que saiu hoje no Negócios, escrito pelo psicólogo Eduardo Sá e pela jornalista Isabel Stiwell. Só o título diz tudo: "A guarda conjunta do bom senso".

Porque é isto! Sem tirar nem pôr.

Haja bom senso!


Os meus Chefs

Há dias fui com eles à Kidzania, a convite da Condi.

As crianças que conhecem este espaço - do qual o Gonçalo é completamente fã (ao ponto de já ter feito lá um aniversário) e, graças a este dia, o Francisco também se juntou ao clube - já sabem que quem lá vai tem como palavra de ordem "brincar até mais não". Contudo, neste dia, eles tinham uma "missão" acrescida: aprender como se faz uma boa gelatina!

Foi uma tarde giríssima e eles adoraram vestir o papel de chef. Mantiveram quase sempre um ar concentradíssimo, que é típico deles quando não querem perder pitada.

É verdade que agora passam a vida a querer fazer gelatina, o que até nem é mau :)




As mamãs (e pai) babadas e os filhos mega-felizes, como elas gostam :)

segunda-feira, 2 de julho de 2018

Im in love!


Um amigo deu-me a conhecer este grupo e estou completamente rendida. É lindo!!!

Façam uma pausa e ouçam... vale muito a pena!

segunda-feira, 25 de junho de 2018

Sintra




Este fim-de-semana fomos passear a Sintra. Eles adoram e eu também e, por isso, fazêmo-lo com frequência.

Se há lugares mágicos em Portugal, Sintra é, sem dúvida, um deles. Esta Vila tem qualquer coisa... uma energia vibrante, que faz sobressair ainda mais a sua beleza única.

E não é que estava imenso calor!!! (o que, tendo em conta que Sintra tem um microclima particular, é raro :) )

Se não conhecem, têm que conhecer. Vale por tudo. Pela paisagem, pela História, pelos monumentos e pela doçaria. E por falar nisso, que bem que me sabia agora uma queijada ou um travesseiro de Sintra!

sexta-feira, 22 de junho de 2018

É oficial!


Agora sim, é oficial. O verão chegou e ai dele que se vá embora mais cedo do que é suposto.

Há tanta coisa que quero (e vou) fazer e que vai além das (maravilhosas) idas à praia!!!

A verdade é que há momentos que só sabem bem no verão ou que têm um gosto especial nesta estação do ano.

Ficar na praia até o sol se pôr, ir beber um copo ao final da tarde num bar "cool", comer choco frito em Setúbal, usufruir das magnífcas praias desta zona, passar um ou outro fim-de-semana fora de Lisboa, aproveitar os dias mais longos e as noites quentes, almoçar peixe fresco em esplanadas junto ao mar... só de falar nisto já me deixa a sonhar :)

Há lá altura do ano melhor que esta?!

A sério que não consigo mesmo perceber como é que há pessoas que não gostam do verão :)!!!

Viva o verão!!!

sexta-feira, 8 de junho de 2018

Serões dos bons

No dia da criança fomos convidados pela Gioseppo para irmos os três ao Bounce. A ideia era brincar, saltar e conhecer a coleção da marca a pensar na estação quente (aquela, que teima em não chegar).

Não estão a ver o "excitex" em que os miúdos ficaram quando souberam que iam ao Bounce. Todos os dias me perguntavam quando é que iam saltar nos trampolins :)

Foi um ótimo final de tarde! Só o facto de os ter ido buscar à escola e termos ido fazer um programa diferente... soube tão bem!

Quanto à coleção de verão da Gioseppo, está o máximo. Fiquei particularmente deliciada com os modelos de criança. Giros, originais e, apesar de não os ter calçado para o saber, quase que consigo apostar que são super confortáveis :)

Para terem uma leve ideia de como foi o "serão", e para ficarem a conhecer alguns dos modelos da marca, fiquem com algumas fotos ;)













 Fotos cedidas pela Gioseppo


segunda-feira, 21 de maio de 2018

Está decidido: também quero um príncipe!


Uma pessoa cresce romântica. Incuravelmente romântica.

A vida mostra-lhe, por A + B, que os contos de fadas são uma tanga criados pela Disney.

Uma pessoa tenta, então, formatar o cérebro e o coração, sobretudo na parte dos príncipes encantados, contos de fadas e na punch line "viveram felizes para sempre".

Uma pessoa tem dificuldade em assimilar isto tudo, até porque vai totalmente contra o mundo cor-de-rosa em que quis acreditar o tempo todo, mas aos poucos lá vai conseguindo. A custo, mas lá vai conseguindo.

Mas depois é isto... aparecem Harrys, que por acaso são principes, a dizer estas coisas e a portarem-se assim: como príncipes!

Assim não dá!!!

terça-feira, 1 de maio de 2018

A magia do ballet


Desde que soube que este ballet iria atuar em Portugal, que fiquei em pulgas para o ver. Adoro ballet e a capacidade única que esta dança tem para despertar em mim as emoções mais intensas e puras.

Cheguei a pensar que iria acabar por não ir, mas acho que estava destinado a que fosse. E ainda bem.

Não deve haver dança mais poética, mais mágica, mais intensa, mais emocionante que o ballet. A delicadeza dos movimentos, a sua graciosidade combinada com a grandiosidade das músicas... tudo isto faz desta uma dança ímpar.

O ballet clássico é uma dança romântica (pelo menos é assim que a vejo), e talvez por isso acabe sempre por me deliciar com tudo. Além disso, o ballet tem a capacidade de me fazer sonhar!

Ontem, fiz mais um "check" na minha lista e apaixonei-me ainda mais pelo ballet!

segunda-feira, 30 de abril de 2018

Brincadeiras de domingo

Eles adoram pintar com aguarelas. Entretêm-se minutos largos e, muito importante para mim, é uma excelente forma de os manter sossegados e calados. É claro que também se pintam a eles e a tudo o que está à volta, mas esta tinta são facilmente e o "preço a pagar" compensa ;)


Há que inovar!

Acordar cansada num domingo é altamente irritante, mas normal quando não se dorme convenientemente há cerca de uma semana. E era assim que me sentia ontem: cansada. Contudo, e porque parece que as crianças são imunes a estas mariquices, há que ir às reservas  para os entreter, mesmo que procuremos fazer atividades que exijam o mínimo de nós.

Depois de termos visto um filme, ouvido e cantado músicas infantis tradicionais portuguesas e pintado, o ponto alto do dia foi o piquenique que fizemos na sala, a pedido deles. 

Eles vestiram os pijamas (para parecer uma festa de pijama), pusemos uma toalha no chão e compusemos o "manjar" com pão caseiro, pão-de-ló de laranja, compotas, leite para eles e café para mim.

Uma delícia! :)

É claro que fiquei com a sala cheia de migalhas, mas não é por aí. A verdade é que é preciso muito pouco para os fazermos felizes e há que "jogar" com isso.




Os dois críticos lá de casa aprovaram o manjar :)

quinta-feira, 26 de abril de 2018

Quem é que resiste?


Combinei um café com um amigo que não via há mais de 10 anos e ele trouxe-me aquele que, na altura, era o meu chocolate preferido: o Bounty. Achei super fofo da parte dele e, por isso, não lhe consegui dizer que, de há 10 anos a esta parte, tinha enjoado aquele chocolate. Não consegui mesmo. Por isso, para não lhe fazer a desfeita, comi o chocolate.

 Resultado? Não, não voltou a ser o meu chocolate preferido, mas descobri que já não me enjoa e por isso posso comê-lo mais vezes :)

Ser gulosa é duro :P


Simplesmente lindo ❤

"Se um homem soubesse o poder que seu abraço tem ao acolher uma mulher, a segurança que ela sente, todas as coisas boas que passam em sua mente, o quanto ela se entrega. Se ele desconfiasse que naquele momento ele a tem inteira, completa, repleta de uma felicidade extrema. Será que ele se manteria ali por mais alguns segundos? Será que ele entenderia que essa coisa tão simples, tão gratuita, de entre muitas coisas no mundo, é o que gente mais precisa, é o que nos abriga, é o que dá paz ao nosso sono?"


Cáh Morandi

sexta-feira, 6 de abril de 2018

O meu mundo. O meu tudo

Ontem celebrou-se o Dia dos Filhos. Mas como, na verdade, os dias são deles o ano inteiro, achei que não era desajustado fazer um post sobre a efeméride com um dia de atraso.

Os meus filhos. O meu oxigénio.


sexta-feira, 23 de março de 2018

quarta-feira, 21 de março de 2018

Amar

O poema é conhecido e para muitos será um cliché, mas eu adoro-o e não quero saber se não sou original.

Hoje, comemora-se o Dia Mundial da Poesia e para assinalar esta efeméride, deixo aqui um dos meus poemas preferidos.


Amar!


Eu quero amar, amar perdidamente!
Amar só por amar: Aqui... além...
Mais Este e Aquele, o Outro e toda a gente
Amar! Amar! E não amar ninguém!


Recordar? Esquecer? Indiferente!...
Prender ou desprender? É mal? É bem?
Quem disser que se pode amar alguém
Durante a vida inteira é porque mente!


Há uma Primavera em cada vida:
É preciso cantá-la assim florida,
Pois se Deus nos deu voz, foi pra cantar!


E se um dia hei-de ser pó, cinza e nada
Que seja a minha noite uma alvorada,
Que me saiba perder... pra me encontrar...


Florbela Espanca

terça-feira, 20 de março de 2018

Luz!


Hoje, começa a Primavera!

Finalmente!

Se tivesse que associar esta estação do ano a uma palavra, escolheria a palavra "luz". Pelo menos nesta fase da minha vida.

Os dias mais longos, o sol mais aberto, as cores das flores, a temperatura amena a convidar a usufruir de passeios no campo ou na praia e a vestir roupas mais leves... não há como não gostar! Não há como não sorrir mais, andar mais bem disposto... :)

Vejo a Primavera como uma espécie de recomeço, que nos dá as ferramentas para vivermos coisas bonitas. Que nos dá os argumentos todos para nos ajudar a sermos felizes.

Melhor que isto, só o verão :)

segunda-feira, 19 de março de 2018

PAI

My daddy and me
Um PAI com letra grande é muito mais que um laço de sangue. Um pai a sério é aquele que ama incondicionalmente. Que cuida. Que está presente mesmo não estando. Que dá carinho. Que apoia. Que se zanga quando tem que se zangar. Que guia e orienta. Que aconchega. Que se preocupa. Que é capaz de pôr os filhos à frente, sem para isso se anular.

Um PAI com letra grande é um pai como o meu. Que tem estas caracteísticas e muitas outras mais. E que para além disto, consegue ser o melhor avô que os meus filhos podiam ter <3

Arquivo do blogue

Seguidores