Mostrar mensagens com a etiqueta Graças para recordar. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Graças para recordar. Mostrar todas as mensagens

quarta-feira, 19 de julho de 2017

Digam-me... de que é que me posso queixar?

Estava a ajudar o Gonçalo a despir-se para tomar banho quando, de repente, do nada, ele abraça-me com força, com aqueles bracinho magrinhos que eu amo, e diz-me: "Adoro-te, mamã!"

<3 <3 <3

sexta-feira, 14 de julho de 2017

E a saga continua

Por cá, continuamos a falar muito de namoros. E por "continuamos", entenda-se que o Gonçalo anda a falar muito do tema comigo. Hoje, perguntou-me:

"Mamã, quando os filhos namoram têm que dizer aos pais, não têm?"

"CLARO!", respondi prontamente.

"Pois, mas só se andarem na escola, porque se forem mais crescidos não precisam, não é?"

"Porquê?", perguntei.

"Porque os pais veem... como quando os filhos namoram em casa e os pais estão lá, ou então quando estão a namorar no hotel e os avós estão lá..."

(a sério que não sei onde é que ele vai buscar estas coisas. Hotel? avós? namorar num hotel? namorar num hotel onde estão os avós? Não sei o que é que é mais estranho no meio disto tudo!!)

domingo, 2 de julho de 2017

É uma amor estranho!

"Mamã, com que idade é que me posso casar? Aos 15 já posso?" - pergunta-me o Gonçalo.

Depois de me refazer do choque, respondi-lhe:

"Não, filho. Só aos 18. Mas já estás a pensar nisso, é? Queres casar com quem?"

"Com aquela menina que já te falei. Aquela que gosta de mim por amor e que eu também gosto dela por amor."

"Hummm... E como é que ela se chama."

"Não sei."

terça-feira, 27 de junho de 2017

Estou tramada!

O Gonçalo disse-me hoje que tinha 40 namoradas e já tinha dado beijos na boca a todas.

Sondei, percebi que ele me estava só a testar e fiz o meu papel. Disse-lhe que ainda era muito cedo para isso. Ele respondeu que a "não sei quantas", do terceiro ano, já dá e ele não vê mal nenhum nisso. Disse-lhe que sim, que havia mal e, já em "desespero" e com falta de mais argumentos, disse-lhe que podia ser castigado à séria lá na escola caso o vissem a fazer isso. Não entendeu. Contestou e disse-me que não percebia porquê, uma vez que dar um beijo na boca "não era nenhum crime", palavras dele. Expliquei que há idades para tudo, mas ele voltou a ripostar.

Desisti.

... Medo!

segunda-feira, 12 de junho de 2017

Estava lá quase!

Estávamos a jantar e o Gonçalo quis fazer um brinde.

Levantei o copo, o mano também e o Gonçalo imitou e disse:

"À toa!!!"

Fiquei baralhada e perguntei o que é que ele tinha dito. Ele repetiu. Eu tinha entendido bem.

"Isso não faz sentido nenhum. Onde é que ouviste isso?" - perguntei-lhe.

"Foi nuns desenhos animados. Eles brindavam e diziam "À TOA!" "

(lololol. Tão fofo!)

domingo, 11 de junho de 2017

Este é mesmo homem!

O Francisco começou a choramingar a meio da noite (como, aliás, é costume. É o sinal para o ir buscar).

Lá fui eu confortá-lo e trouxe-o comigo para a cama. Ele veio, a dormitar.

Estávamos deitados quando ouvi um barulhito. E ele, apesar de estar meio a dormir, começou a rir-se e a dizer: "Pum, pum...!"

(gajos!!!)

sexta-feira, 9 de junho de 2017

É mais uma para entrar na tabela de cores!

Ontem, estava a dar banho ao Gonçalo, quando ele me diz todo entusiasmado, como se me estivesse a a contar o seu feito mais maravilhoso:

"Sabes mãe, hoje na escola (no comportamento) tive um amarelo-quase-verde!"



terça-feira, 6 de junho de 2017

Realmente, sou tão má mãe!

Depois de ter chamado o Gonçalo para ir tomar banho umas 15 vezes, ele lá veio, com má cara e a resmungar:

"És mesmo má, mãe! É que tenho que fazer tudo! Obrigas-me a fazer tudo!! Tenho que tomar banho, fazer os trabalhos de casa com uma letra bonita, arrumar os meus brinquedos... és mesmo, mesmo má!"

(é que é preciso ter lata!!!)

terça-feira, 16 de maio de 2017

Realmente!!!

Estava a cantarolar a música do Salvador enquanto arrumava umas coisas, quando o Gonçalo me diz:

"Por amor da Santa... eu sei que a música é gira, mas não precisas de a estar sempre a cantar!"

...

Raio do miúdo. Aposto que se fosse o Salvador a cantá-la, ele não se importava nada de a ouvir 30 vezes seguidas!!!

O meu mundo cabe-me nos braços!

Este fim-de-semana houve um momento assim. Em que um adormeceu ao meu colo e o outro se encostou a mim enquanto via televisão. Ali ficámos os três, largos minutos, no conforto uns dos outros. E que bem que soube!

<3 <3 <3

segunda-feira, 15 de maio de 2017

domingo, 14 de maio de 2017

Just breathe!

Depois de um dia muito, muito difícil, eis que Deus me agraciou com uma imagem dos céus.

Vou eu no carro a conduzir, com o Gonçalo e o Francisco atrás, quando olho pelo retrovisor por achar que estão ambos demasiado silenciosos. E eis que lá estão eles; sossegados, com um ar super calmo,  tranquilo... e de mão dada!

Era o fôlego que precisava <3

quinta-feira, 11 de maio de 2017

São quilos de amor!

Um dia destes, o Gonçalo pediu-me se podia ser ele a lavar os dentes ao irmão. Apesar de saber que não ficariam bem lavados, vi-o com tanta vontade e carinho, que deixei.

O momento que se seguiu foi de uma ternura tão grande, que me deixou totalmente embevecida. Desde eles os dois de mão dada, ao cuidado e carinho do Gonçalo, à atenção do Francisco face ao que o irmão lhe dizia... Foi ao ponto de me emocionar!

Esta cumplicidade, este amor entre os dois, esta ternura tão pura... não há como não agradecer a Deus, todos os dias, pelo que tenho, mesmo que a vida não esteja a correr de feição. Eles, os meus meninos, compensam TUDO!

terça-feira, 9 de maio de 2017

Nota mental: ter mais cuidado com o que digo ao Francisco

O Francisco está numa fase em que está sempre a perguntar por toda a gente, mesmo que as pessoas estejam ao pé dele. Hoje de manhã, aconteceu exatamente isso. Estava mesmo ao lado do Gonçalo e perguntou:

"O Goncálo?"

"Olha, vê lá se ele te morde.", respondi a rir.

E ele não vai de modas... vira-se para o lado e morde o irmão!

quinta-feira, 27 de abril de 2017

Tem resposta para tudo!

O Gonçalo estava a "implicar" com uma amiga. Sempre que a vê é o mesmo filme. Mete-se com ela, corre atrás dela, embirra com ela...  acho que é amor e acho que recíproco, porque ela tem exatamente o mesmo comportamento com ele.

Irritarem-se mutuamente parece ser o objetivo.

A determinada altura, ela diz-lhe muito chateada:

"Se por acaso eu te mandasse atirar a um poço, tu ias?"

Ele sorriu, e respondeu-lhe com um ar gozão:

"Sim. Gosto de experimentar coisas novas!"

terça-feira, 11 de abril de 2017

Se é assim!!!

Isto já se passou há uma semana, no último dia de aulas.

Estávamos à mesa e o Gonçalo estava a contar-me, todo contente, que tinha tido "Muito Bom" a Matemática e a Português, e "Bom" a Estudo do Meio.

Naturalmente, felicitei-o, mas como na semana anterior tinha vindo um recado para casa, da professora, a pedir para falarmos com ele porque ele tinha falado muito e prejudicado o funcionamento da aula, disse-lhe:

"Fico super orgulhosa de ti, amor. Muitos parabéns! Mas olha, não são só as boas notas que contam. Tão importante quanto as notas é o teu comportamento na aula. Tens de estar atento, não falar e fazer o que a professora manda, está bem?"

"Sim, mãe." - respondeu-me ele - "Eu sei. E só para saberes, hoje a professora não me disse nem uma única vez "Cala-te Gonçalo!"

terça-feira, 4 de abril de 2017

Uma delícia

Já não é de agora, mas acontece com cada vez mais frequência. O Gonçalo está naquela fase em que está sempre a ler tudo e a perguntar se leu bem. Rótulos de embalagens, títulos de livros, placards que vê na rua, sinais...

Para mim, que sou mãe dele, é uma sensação muito gira. Um misto de orgulho e encantamento!

Eles crescem tão rápido!!!!

Lembro-me bem de mim nesta fase. Lembro-me de pensar que nunca iria conseguir ler as legendas dos filmes, porque passavam muito rápido. Lembro-me da alegria que sentia quando conseguia ler as coisas, e é bom demais ver essa alegria agora no Gonçalo :)

Aquilo que se diz é mesmo verdade, A vida é cíclica. E vermo-nos refletidos nos nossos filhos é absolutamente mágico!

sexta-feira, 31 de março de 2017

Que doçura!

Ao jantar:

"Mamã, podes pôr o trailer do filme Bailarina?" - perguntou-me o Gonçalo.

"Sim, mas só depois de jantarmos. Agora não."

"Achas que vais encontrar? É que não me lembro se o nome era mesmo este."

"Pois, também não tenho a certeza. Se for traduzido à letra, é Bailarina, mas não sei como é que traduziram em português."

"Pois... mas olha, se encontrares, por exemplo, só em brasileiro, não faz mal. Eu percebo muito bem brasileiro." - disse-me orgulhoso.

<3

terça-feira, 28 de março de 2017

Tem muita piadinha, este!

Agora à tarde, quando fui buscar o Francisco, ele estava impossível. O Gonçalo estava comigo e ouviu-me comentar com a auxiliar que ele já era torcido, mas devia de andar pior porque me anda a dar noites horríveis.

Já no carro, o Gonçalo perguntou-me:

"É como naquela história que lemos, em que os meninos que não dormem, nem tomam um bom pequeno-almoço, ficam com birra e chatos?" 

"Sim. " - respondi - "Mas o pior é que não só ele não dorme, como também não me deixa dormir a mim."- continuei.

"Ahhh! Então é por isso que andas tão chatinha!"


quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Arquivo do blogue

Seguidores