Mostrar mensagens com a etiqueta Graças para recordar. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Graças para recordar. Mostrar todas as mensagens

terça-feira, 16 de maio de 2017

Realmente!!!

Estava a cantarolar a música do Salvador enquanto arrumava umas coisas, quando o Gonçalo me diz:

"Por amor da Santa... eu sei que a música é gira, mas não precisas de a estar sempre a cantar!"

...

Raio do miúdo. Aposto que se fosse o Salvador a cantá-la, ele não se importava nada de a ouvir 30 vezes seguidas!!!

O meu mundo cabe-me nos braços!

Este fim-de-semana houve um momento assim. Em que um adormeceu ao meu colo e o outro se encostou a mim enquanto via televisão. Ali ficámos os três, largos minutos, no conforto uns dos outros. E que bem que soube!

<3 <3 <3

segunda-feira, 15 de maio de 2017

domingo, 14 de maio de 2017

Just breathe!

Depois de um dia muito, muito difícil, eis que Deus me agraciou com uma imagem dos céus.

Vou eu no carro a conduzir, com o Gonçalo e o Francisco atrás, quando olho pelo retrovisor por achar que estão ambos demasiado silenciosos. E eis que lá estão eles; sossegados, com um ar super calmo,  tranquilo... e de mão dada!

Era o fôlego que precisava <3

quinta-feira, 11 de maio de 2017

São quilos de amor!

Um dia destes, o Gonçalo pediu-me se podia ser ele a lavar os dentes ao irmão. Apesar de saber que não ficariam bem lavados, vi-o com tanta vontade e carinho, que deixei.

O momento que se seguiu foi de uma ternura tão grande, que me deixou totalmente embevecida. Desde eles os dois de mão dada, ao cuidado e carinho do Gonçalo, à atenção do Francisco face ao que o irmão lhe dizia... Foi ao ponto de me emocionar!

Esta cumplicidade, este amor entre os dois, esta ternura tão pura... não há como não agradecer a Deus, todos os dias, pelo que tenho, mesmo que a vida não esteja a correr de feição. Eles, os meus meninos, compensam TUDO!

terça-feira, 9 de maio de 2017

Nota mental: ter mais cuidado com o que digo ao Francisco

O Francisco está numa fase em que está sempre a perguntar por toda a gente, mesmo que as pessoas estejam ao pé dele. Hoje de manhã, aconteceu exatamente isso. Estava mesmo ao lado do Gonçalo e perguntou:

"O Goncálo?"

"Olha, vê lá se ele te morde.", respondi a rir.

E ele não vai de modas... vira-se para o lado e morde o irmão!

quinta-feira, 27 de abril de 2017

Tem resposta para tudo!

O Gonçalo estava a "implicar" com uma amiga. Sempre que a vê é o mesmo filme. Mete-se com ela, corre atrás dela, embirra com ela...  acho que é amor e acho que recíproco, porque ela tem exatamente o mesmo comportamento com ele.

Irritarem-se mutuamente parece ser o objetivo.

A determinada altura, ela diz-lhe muito chateada:

"Se por acaso eu te mandasse atirar a um poço, tu ias?"

Ele sorriu, e respondeu-lhe com um ar gozão:

"Sim. Gosto de experimentar coisas novas!"

terça-feira, 11 de abril de 2017

Se é assim!!!

Isto já se passou há uma semana, no último dia de aulas.

Estávamos à mesa e o Gonçalo estava a contar-me, todo contente, que tinha tido "Muito Bom" a Matemática e a Português, e "Bom" a Estudo do Meio.

Naturalmente, felicitei-o, mas como na semana anterior tinha vindo um recado para casa, da professora, a pedir para falarmos com ele porque ele tinha falado muito e prejudicado o funcionamento da aula, disse-lhe:

"Fico super orgulhosa de ti, amor. Muitos parabéns! Mas olha, não são só as boas notas que contam. Tão importante quanto as notas é o teu comportamento na aula. Tens de estar atento, não falar e fazer o que a professora manda, está bem?"

"Sim, mãe." - respondeu-me ele - "Eu sei. E só para saberes, hoje a professora não me disse nem uma única vez "Cala-te Gonçalo!"

terça-feira, 4 de abril de 2017

Uma delícia

Já não é de agora, mas acontece com cada vez mais frequência. O Gonçalo está naquela fase em que está sempre a ler tudo e a perguntar se leu bem. Rótulos de embalagens, títulos de livros, placards que vê na rua, sinais...

Para mim, que sou mãe dele, é uma sensação muito gira. Um misto de orgulho e encantamento!

Eles crescem tão rápido!!!!

Lembro-me bem de mim nesta fase. Lembro-me de pensar que nunca iria conseguir ler as legendas dos filmes, porque passavam muito rápido. Lembro-me da alegria que sentia quando conseguia ler as coisas, e é bom demais ver essa alegria agora no Gonçalo :)

Aquilo que se diz é mesmo verdade, A vida é cíclica. E vermo-nos refletidos nos nossos filhos é absolutamente mágico!

sexta-feira, 31 de março de 2017

Que doçura!

Ao jantar:

"Mamã, podes pôr o trailer do filme Bailarina?" - perguntou-me o Gonçalo.

"Sim, mas só depois de jantarmos. Agora não."

"Achas que vais encontrar? É que não me lembro se o nome era mesmo este."

"Pois, também não tenho a certeza. Se for traduzido à letra, é Bailarina, mas não sei como é que traduziram em português."

"Pois... mas olha, se encontrares, por exemplo, só em brasileiro, não faz mal. Eu percebo muito bem brasileiro." - disse-me orgulhoso.

<3

terça-feira, 28 de março de 2017

Tem muita piadinha, este!

Agora à tarde, quando fui buscar o Francisco, ele estava impossível. O Gonçalo estava comigo e ouviu-me comentar com a auxiliar que ele já era torcido, mas devia de andar pior porque me anda a dar noites horríveis.

Já no carro, o Gonçalo perguntou-me:

"É como naquela história que lemos, em que os meninos que não dormem, nem tomam um bom pequeno-almoço, ficam com birra e chatos?" 

"Sim. " - respondi - "Mas o pior é que não só ele não dorme, como também não me deixa dormir a mim."- continuei.

"Ahhh! Então é por isso que andas tão chatinha!"


quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Francisco

Vejam bem o estilo do miúdo. Fomos a uma festa de anos e andou nestes preparos uma eternidade. Até para comer o bolo não dispensou o capacete :)
Olhem que bem que ele trata do "bebé" :) Será instinto paternal? :)





terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Há amor no ar!

Talvez contagiado pelo Dia dos Namorados, hoje o Gonçalo anunciou-me que, afinal, quer casar, e já sabe com quem. É com uma menina do quarto ano que, pelo que me constou, é muito requisitada.

E é isto! Já começa!

sábado, 11 de fevereiro de 2017

Realmente, que raio de mãe que eu me saí!

Estava a falar com o Marco quando o Gonçalo interrompeu:

"Mamã, mordi o lábio."

Olhei para ele, disse um "que chatice" pouco convincente, e continuei a conversa que estava a ter.

Insatisfeito com a minha reação, ele voltou a interromper e o feedback que teve da minha parte não foi muito diferente... o que o levou a insistir pela terceira vez.

"Mamã, mordi o lábio."

Já um pouco impaciente, perguntei:

"Ó filho, mas o que é que queres que eu faça?"

Ele olhou-me nos olhos e respondeu-me meio desolado:

"Que te preocupes!"

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

My baby Samurai


Ontem, o Gonçalo fez exame no Taekwondo para mudar de cinto. Na prática, não era nenhum momento solene nem nada que se parecesse. Era mais um momento simbólico. No entanto, dei por mim eternecida a olhar para o meu menino, enquanto ele fazia as fórmulas e respondia corretamente às perguntas que o Mestre ia fazendo... e é tão fofo a contar em coreano!! (nota-se muito que fiquei babada? :) )

Ahhh... e, já agora, ele passou :)

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Nem sei o que diga!

O Gonçalo estava a tomar banho e, a dada altura, fui ter com ele para o ajudar. Quando ele se apercebeu o que eu ia fazer, disse-me muito sério:

"Olha mamã, já não estamos nessa fase. Eu tomo banho sozinho, ok?"

Eu fiquei entre o choque e o espantada, e a fazer um esforço gigante para conter o riso. Um esforço que foi por água abaixo, quando ele continuou, talvez em resposta ao meu ar desnorteado:

"Nada temas mãe. Eu consigo!"


sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Deixa-me cá aproveitar!

Cá em casa eu sou a única pessoa arrumada e que parece necessitar viver num nível elevado de ordem. Ou, pelo menos, era.

Já não é a primeira vez que o Francisco me surpreende neste sentido mas, desta vez, superou-se.

Ele tem todos os sapatinhos dele debaixo da cama, em caixas. Há dias, tirei umas botas para ele calçar e, no dia seguinte, não as encontrava por nada. Revirei a casa toda e nada! Até que, depois de largos minutos à procura, pensei: "Querem ver que o miúdo é arrumado ao ponto de ter ido buscar a caixa dos sapatos, arrumado os ditos e voltado a arrumar a caixa debaixo da cama?"

Fui ver e lá estimavam as botas. Arrumadinhas, onde realmente deviam estar.

Não sei se isto é para durar ou não mas, para já, vou aproveitar!

O meu querido capitalista!

Ainda não caiu nenhum dente de leite ao Gonçalo. No entanto, como alguns amiguinhos dele já entraram nessa aventura, ele tem-me feito algumas perguntas sobre a Fada dos Dentes. Basicamente, as perguntas são sempre carregadas de alguma desconfiança acerca da existência da Fada e terminam  com a derradeira questão:

“São os pais que põem a moeda na almofada, não são?”

Eu tenho tentado fugir ao tema, porque acredito que quanto mais tempo as crianças acreditarem nestas pequenas magias, melhor. Contudo, também não quero que ele seja gozado pelos outros meninos. Por este motivo, esta semana disse-lhe a verdade.

Mal o fiz, no semblante do Gonçalo a desilusão era evidente e eu arrependi-me automaticamente.

“Ficaste triste, amor?” – perguntei, cheia de culpa.

“Sim” – respondeu com uma carinha tristonha. Mas, 5 segundos depois, continuou – “Mas os pais põem a moeda na mesma, não é?”

“Sim.” – confirmei.

“Então está bem!”


E ao que parece a desilusão terminou aqui.

domingo, 29 de janeiro de 2017

É uma questão de imaginação...

"Mamã, acho que já sei porque é que aquele filme da Star Wars se chama "O despertar da força"" - disse o Gonçalo. E continuou:

"Tem a ver com o despertador. Ele tocou e depois nasceu a força."

Arquivo do blogue

Seguidores