terça-feira, 10 de outubro de 2017

Às vezes parece que não, mas a vida avança

Estava a conversar com um amigo, e a conversa nem era sobre a vida, quando me apercebi que há um ano a minha vida era muito diferente daquilo que é hoje.

Eu, que passei grande parte deste ano com a sensação de que a minha vida tinha estagnado, e de que ela não andava nem para a frente nem para trás, dei-me conta de que ela andou, e não foi pouco, e eu nem dei por isso.

Há um ano, a minha vida pessoal era totalmente diferente e profissionalmente estava a desempenhar outras funções.

Inevitavelmente, questiono-me como estarei daqui a um ano?

Aqui para nós, pessoalmente espero que feliz, profissionalmente, se continuar a sentir o que sinto, está ótimo!

Como católica que sou, só peço a Deus que me ajude a encontrar e a escolher os caminhos que forem melhores para mim. Os caminhos que me levem à felicidade. Mas porque, entretanto, a vida já me ensinou algumas coisinhas, não peço que me leve para um caminho específico, porque nem sempre o que achamos que é o melhor para nós e nos vai fazer feliz, o vai efetivamente fazer. Por isso, ponho nas mãos Dele.

Até lá, a vida continua a andar. Sempre para a frente.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Arquivo do blogue

Seguidores